Conselhos para progredir na sua espiritualidade segundo a bíblia e o espiritismo

A espiritualidade consiste no desejo de encontrar um significado para vida por meio de ideias e concepções que podem transcender aquilo que é tangível.

A busca pela espiritualidade exige transformações profundas na vida, que não necessariamente estão ligadas a uma religião, mas pode sim ser alcançada por esse meio.

A espiritualidade pode ser construída e alcançada a partir do Espiritismo, se a pessoa se sente bem com os dogmas da doutrina espírita. Neste sentido, o Espiritismo foi criado por Allan Kardec, sendo uma doutrina compreende ciência, filosofia e religião.

Em concordância com as máximas morais de Cristo e o Novo Testamento, Allan Kardec escreveu com a inspiração de Espíritos de Luz, em 1864, o livro “O Evangelho Segundo o Espiritismo“.

O livro mostra a relação dos escritos da Bíblia com os preceitos do Espiritismo e como pode se aplicar às diversas circunstâncias da vida.

Vejamos 5 ensinamentos bíblicos em concordância com princípios espiritas que devem ser seguidos para que haja progressão da espiritualidade:

Ore e medite

O Espiritismo prega que antes de iniciar as atividades diárias, devemos comungar com o Senhor, através da meditação e oração.

A conexão com Deus é feita pelo pensamento e ajuda a manter a mente equilibrada, o que reflete na saúde do corpo.

A Bíblia possuí várias passagens que destacam o poder da oração, como o de Tiago 5:16, que diz que é preciso que que os pecados sejam confessados pela oração. A oração dos justos é eficaz e poderosa.

Exercite o amor

A Bíblia em 1 Coríntios 13:4-7 nos ensina que o amor é paciente, bondoso, não sente inveja, se vangloria ou maltrata. O amor não guarda rancor, não compreende injustiça e deve ser baseado na verdade. O amor tudo crê, sofre e espera.

Já as palavras de Jesus foram “amai-vos uns aos outros. Como eu vos amei” (João 13:34).

Com isso, o Espiritismo compactua com essa ideia, pois prega que o amor deve ser um exercício diário, que deve ser praticado mesmo que exija sacrifícios e, por vezes, não seja retribuído.

 

O amor resume toda a doutrina de Jesus e eleva a espiritualidade e traz bons fluídos aqueles que o praticam.

Fique longe de mentiras e calúnias

A mentira e a calúnia trazem energias negativas tanto para quem fala quanto para quem escuta.

A Bíblia prega em Tito 3:2 que devemos ser pacíficos e amáveis e não caluniar ninguém, ao invés disso devemos ter um espírito pacífico diante de nossos semelhantes.

Já a doutrina espírita compactua da ideia de que devemos preservar nossos ouvidos de calúnias e também não devemos incentivar fofocas. Tudo que é falado ou ouvido deve ser para a construção do bem.

Para desenvolver a espiritualidade devemos nos afastar de tudo que nos faz mal e traz energia negativa à nossa vida.

Fora da caridade não há salvação

Este é o famoso lema do Espiritismo. Para progredir em nossa espiritualidade, é preciso se doar ao próximo, compartilhar bens materiais e conhecimento.

O amor a Deus e a evolução espiritual pode ser provado diariamente a partir de ações de bondade com o próximo.

Esta passagem da Bíblia compactua com esse preceito: Em 1 João 3: 17-18 está que se uma pessoa tem recursos matérias e ver seu semelhante passando necessidade, nessa pessoa não há o amor de Deus. O amor não deve ser da boca pra fora e em bonitos discursos, mas comprovado em ações.

Então fale menos e faça mais.

Perdoe aos outros e a si mesmo

Para o Espiritismo, perdoar não é esquecer, e sim diluir a mágoa, ressentimento e sentimentos ruins que o fato causou.

Se não houver perdão, você ficará atrelado à energia ruim do acontecimento passado, e isso não é bom para a alma e desenvolvimento da espiritualidade.

É preciso perdoar e se libertar de toda a carga negativa.

Este versículo bíblico resume a importância do perdão. O versículo de Mateus 18 21-22 conta a parábola de quando Pedro pergunta a Jesus quantas vezes ele deve perdoar um irmão. E Jesus responde que o perdão deve ocorrer setenta vezes sete vezes.

O perdão é divino e transforma o mal em uma coisa boa.